quinta-feira, 30 de junho de 2005

CICINHO 4 X Argentina 1

Após 11 anos de Cafu na lateral direira do Brasil, eis que surge uma personalidade nova, e muito melhor, para ocupar a posicão do capitão brasileiro. O conservadorismo de Parreira, entretanto, dificilmente será capaz de dar o chute na bunda de Beletti e colocar Cafu no banco de reservas.
Ontem, Cicinho mostrou seu futebol, participou dos quatro gols da selecão, cruzou bem, atacou com perigo, se movimentou sem bola, defendeu. Faltou seu gol para coroá-lo!
Se havia dúvida sobre quem seria o substituto de Cafu na selecao, agora não há mais. O que há é a certeza de que a era-Cafu já tem seu fim marcado. Só depende de Parreira querer jogar com o que há de melhor em cada posicão, e na lateral direita, o nome é Cicinho.
No jogo de ontem, vale registrar a mediocridade de Parreira ao substituir um jogador do nível de Kaka, por um Renato: um jogador tão medíocre quanto aquele que o convoca. Mas vamos ver... vamos ver até que ponto vai a ousadia de Parreira... ele tem muito bons nomes para vagas limitadas ou "cativadas", como no caso da lateral-direita de Cafu.
Bom jogadores, nós temos. Falta técnico com ousadia e coragem para fazer mudanças... ai, que saudade de Felipão...

Um comentário:

Jorge disse...

Acho que Cafú dificilmente será substituido. Ele tem muita experiencia, e queiremos ou não é titular do Milan, tendo idade que tem.
O Juninho Pernambucano é um jogador muito completo. Marca muito bem, tem uma visão de jogo rara, passa bem e chuta muito acima da média. Deveria ter um lugar neste time, provavelmente como segundo volante.