quinta-feira, 11 de outubro de 2007

DIAS E FERIADOS



Dia 23 de agosto: Dia da Injustiça. Você sabia disso? E 13 de agosto? Data muito importante no calendário brasileiro: Dia do Pensamento. Dia 13 de setembro, data histórica! Comemora-se neste dia o Dia do Ex-território. Não posso deixar de lembrar o dia 28 de dezembro, o Dia do Soldado Desconhecido. E assim vamos nós, a criar dias de homenagem para tudo e para todos. Tudo bem... há dias como o 10 de agosto quando nada é comemorado pela Nação, mas é uma minoria ridícula. Na minha agenda chega a ser difícil encontrar uma data que não seja o dia de alguma coisa.

Amanhã, 12 de outubro é feriado. É Dia de quê, mesmo? Ontem cheguei a conversar sobre a quantidade de feriados existentes em nosso calendário. E, para um Estado teoricamente laico, é impressionante a quantidade de feriados santos existentes por estas bandas: carnaval, semana santa, páscoa, dia de padroeiras e santos, natal... fiquei curioso sobre a história por trás da Padroeira do Brasil, esta santidade que me permitirá ir amanhã a Ilha Grande curtir um final de semana prolongado.

Fiquei decepcionado com o que li. Não reclamarei do fato de ter esta folga na sexta-feira, mas achei uma farsa essa história. Segue abaixo extrato de sua história:



“Em meados de 1717, chegou a Guaratinguetá a notícia de que o conde de Assumar, D. Pedro de Almeida e Portugal, governador da então Capitania de São Paulo e Minas de Ouro, passaria pela povoação a caminho de Vila Rica (atual cidade de Ouro Preto), em Minas Gerais.


Desejosos de obsequiá-lo com o melhor pescado que obtivessem, os pescadores Domingos Garcia, Filipe Pedroso e João Alves lançaram as suas redes no rio Paraíba do Sul. Depois de muitas tentativas infrutíferas, descendo o curso do rio chegaram a Porto Itaguaçu, a 12 de Outubro. Já sem esperança, João Alves lançou a sua rede nas águas e apanhou o corpo de uma imagem de Nossa Senhora da Conceição sem a cabeça. Em nova tentativa apanhou a cabeça da imagem. Envolveram o achado em um lenço e, animados pelo acontecido, lançaram novamente as redes com tanto êxito que que obtiveram copiosa pesca.


Durante quinze anos a imagem permaneceu na residência de Felipe Pedroso, onde as pessoas da vizinhança se reuniam para orar. A devoção foi crescendo entre o povo da região e muitas graças foram alcançadas por aqueles que oravam diante da imagem. A fama dos poderes extraordinários de Nossa Senhora foi se espalhando pelas regiões do Brasil. A família construiu um oratório, que logo se mostrou pequeno. Diante do aumento no número de fiéis, em 1834 foi iniciada a construção de uma igreja maior - a atual Basílica Velha.


Em 6 de Novembro de 1888, a Princesa Isabel visitou pela segunda vez à basílica e ofertou à santa uma coroa de ouro cravejada de diamantes e rubis, juntamente com um manto azul. No ano de 1894, chegou a Aparecida um grupo de padres e irmãos da Congregação dos Missionários Redentoristas, para trabalhar no atendimento aos romeiros que acorriam aos pés da imagem para rezar com a Senhora "Aparecida" das águas.


A 8 de Setembro de 1904, a imagem foi coroada, solenemente, por D. José Camargo Barros. Em 1929, Nossa Senhora foi proclamada Rainha do Brasil e sua Padroeira Oficial, por determinação do Papa Pio XI.”

5 comentários:

Bernardo Jurema disse...

é demais mesmo... vou reivindicar o dia do cagão.
aqui no df, o saudoso roriz criou o "dia do evangélico" - é um feriado local. mais um. soube que na terça passada foi o "dia do nordestino". agora pronto. e aí, quando eu tiver trabalho, posso faltar pra dançar forró e comer buxada? e descendentes de nordestino, também pode comemorar? é cada uma...

Cesar disse...

Bernardo, lembre-se que nossa senhora aparecida é moreninha. É a nossa santa mestiça!;o)

Dado disse...

Parece que tu és ateu menino!

www.horoscopo.blogspot.com

Bernardo disse...

Eu nunca entendi os criterios de santificacao. Mas acho fe algo bacana, apesar de nao ter muita. Ja os feriados sao um atraso na economia, mas muita gente gosta do Brasil-Macunaima.

ps: quem escreve o blog e o Diogo ou o Bernardo Jurema? Ou os dois?

Bernardo disse...

Esquecam a pergunta de apressado que so leu o primeiro post, alguns minutos a mais nele foram suficientes pra perceber a pareceria dos irmaos.

Abraco!