terça-feira, 3 de outubro de 2006

Impressões Eleitorais
Essas eleições fizeram brotar em mim alguns sentimentos... uns bons, outros muito ruins. Desde muito antes das eleições, senti que esse Governo estava sendo massacrado. A informação transmitida jamais foi isenta de posições políticas e sempre carregada de inveja e preconceito. Um grande exemplo dessa falta de coerência dos meios de informação, para ficar apenas com um, foi recentemente, uma manchete nas páginas de política do jornal Folha de SP (de domingo, 01/10/2006). A manchete ligava o ex-ministro da Saúde Barjas Negri à máfia das ambulâncias e citava seu nome na manchete. Se formos atrás das notícias veículadas de um ano para cá, jamais encontraremos um exemplo de um petista que tenha sido envolvido em algum pseudo-escândalo cuja referência tenha sido feita por meio de seu nome, apenas. Primeiro, ele estaria estampado na capa... provavelmente, com direito a foto. Em segundo lugar, seu nome viria no corpo da matéria, não na manchete. Na manchete, haveria alguma referência da ligação do indivíduo ao PT, ou a algum ministro importante ou, como não?, do próprio Presidente. Não julgo qual a forma certa... apenas acredito que o que vale para um, deve valer para todos. Isso é propaganda negativa pesada e, aparentemente, muito eficaz.
DECEPÇÃO
Uma de minhas grandes decepções nesse processo é a figura de Cristóvam Buarque. Seu papel foi ridículo! Muito lindo seu discurso, mas ele não estava na disputa para defender, como ele dizia, uma ideologia, a revolução da educação. Estava ali para defender um projeto pessoal, sem o menor compromisso em colocá-lo em prática. Quando começou a concorrer, já avisou que não estava ali para ganhar. Patético. Ligar a falta de Lula ao debate a um ato de Corrupção é forçar a barra demais! Fazendo o jogo da direita conservadora! Sem falar, que esse cidadão foi o único candidato a dizer temer uma vitória de Lula, pois poderia significar tornar-se numa Venezuela! Logo ele vai dizer isso?! Com que objetivo? Para mim, é um frouxo, mal-caráter! Agarrado a um discurso que atrai pessoas que... pessoas que não desejo julgar... que decidi não mais julgá-las.
FALTOU POUCO...
Tivera Sarney perdido no Amapá, o coronelismo nordestino teria sofrido uma queda dupla: Sarney e ACM. Mas está bom... Uma coisa de cada vez. Vemos o PT no Piauí, em Sergipe e na Bahia; o PSB no Ceará, talvez em Pernambuco e parece que no Rio Grande do Norte (não lembro de cabeça); e em Alagoas, pelo menos no ficou nas mãos da elite usineira do estado...
É LULA, LÁ??
Sinceramente, a "esquerda" brasileira pode ter eleito um PSDB para a Presidência. Querendo ser ideológicos, terminaram cagando nos próprios pés... aliás, espero que não... mas a sensação que dá é esta. Acredito menos na vitória de Lula porque não vejo votos em Cristóvam e Heloísa sendo transferidos tão facilemente, assim. Pelo contrário... agora, vale tudo!
A PORQUEIRA DO DEBATE
Não tivessem feito tanta suspeita sobre se Lula iria, ou não, ao debate da Globo, acho que a repercussão eleitoral disso teria sido menor. Mais uma vez, essa cúpula que guia o Governo, errou e perdeu pontos importante para conseguir finalizar tudo no dia 1º.
A CHATEAÇÃO
Nunca imaginei que "não votar" me faria tão mal. Me senti impotente. A vontade que deu foi voltar para Recife no 2º turno... a vontade durou até eu ver o preço da tarifa.

7 comentários:

Bernardo disse...

outro exemplo do tratamento diferenciado, apenas comentado e criticado por Luís Nassif, é em relacao aos gastos públicos. Quando Lula aumentou os gastos, foi alvo de manchetes e editoriais e o escambau. A "descoberta" do déficit de 2 bilhões de reais do "competente" governo de SP, foi tema apenas de duas notinhas de Mônica Bérgamo....

Se fôssemos brincar de dar exemplo disso, não faríamos outra coisa na vida...

moriscollins59630382 disse...

hey, I just got a free $500.00 Gift Card. you can redeem yours at Abercrombie & Fitch All you have to do to get yours is Click Here to get a $500 free gift card for your backtoschool wardrobe

joão disse...

Berna,
a única impressão que tiro deste teu texto é:
cuidado com este voto cego, inquestionável, incondicional e fechado para o presidente Lula, parece voto de mãe. mantenha o senso crítico acima dos maniqueísmos esquerda X direita, é mais saudável assim, não estamos discutindo futebol.

grande abraço

Bernardo disse...

whatever

jorge disse...

hahaha, muito bom piadista esse joão! à parte a "ideologia" (palavra q no nosso tempo virou palavrao), basta olhar os números, eles são suficientes pra dizer duas coisas: que este governo mesmo com o boicote da mídia e da oposição conseguiu muito mais que qualquer outro; 2, este governo tem uma clara orientação de governar para os mais pobres, de políticas públicas q visam incluir, mas infelizmente qualquer política pública para a população mais carente eh colocada na panela do populismo. Isso não é voto cego, eh de quem, mesmo não beneficiado diretamente pelas prioridades do governo, acredita q eh possivel colocar quem precisa - de verdade, não apenas no discurso hipócrita da classe média - em primeira ordem.

joão disse...

caro jorge,
piadista ou não, o que eu não tolero é voto cego.
sem graça nenhuma eu aprendi a me decepcionar e a desconfiar de qualquer político.
mais sem graça ainda, penso que este voto cego, dito de esquerda nada mais é do que um voto sem senso crítico, trata-se de conivência com a corrupção, seja ela mais ou menos declarada na mídia, seja ela populista ou não, seja ela advinda de classe operária, seja ela o que for. compactuar com a corrupção é triste, e acima de tudo é um ato de cinismo.

a situação é trágica.

Anônimo disse...

a situação é mágica!! nunca vista!
o pior cego é aquele que não quer ver...
vox populi, vox dei - mais de 70% de votos no nordeste. quer mais clareza do que esta???
a situação é muito mágica...
pena, que, além do povo, democraticamente, elites também votem...